O “novo normal” e a inovação: sou obrigado a dar ajuda de custo no home office?

De acordo com o artigo 2º, da CLT o empregador tem a obrigação de custear as despesas do seu negócio 💸.

Porém, estamos falando de qualquer despesa? Como funciona em home office? 📲

Quando o empregador que começa a trabalhar em home office começa a ter custos, estes devem ser custeados pela empresa. Ressalta-se que não estamos falando de qualquer despesa, tais como: conta de água, de luz e internet. Estamos falando de equipamento ou infraestrutura necessária para a realização do teletrabalho 🖥.

Entretanto, esse pagamento não é obrigatório, sendo apenas um dever do poder diretivo do empregador. Devendo apenas, na hipótese de o empregador optar por fornecer esses equipamentos, deve ser formalizado em contrato de trabalho de forma clara os itens passíveis de reembolsos, ajuda de custas ou não 🖊.

As contas de água e luz não podem ser medidas de forma exata quanto foi usado para o trabalho, e por este motivo devem ser pagas pelo colaborador – caso o empresário opte por ajudar em alguma porcentagem, não há problema, desde que formalizado!😉

Eventuais despesas necessárias como viagens, deslocamentos, utilização do carro próprio, contratação de serviços extras… que sejam essenciais ao trabalho, devem ser pagas via ajuda de custos ou mediante reembolso, desde que apresentada justificativa e comprovantes! 🔍

#rioseassuncaoadvogados #direitodotrabalho #direitotrabalhista #reaadvocacia #empresarios #empreendedores #direitotrabalhistaparaempresas #direitoparastartups

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.