Governo corre contra o tempo para aprovar MP da Liberdade Econômica no Senado

Uma das principais bandeiras do governo Bolsonaro para desburocratizar o ambiente de negócios do país, a medida prevê a dispensa de alvarás de funcionamento para negócios considerados de baixo risco, como cabeleireiros e bares, além de autorizar o trabalho aos domingos para todos os setores, sem a necessidade de um acordo coletivo com aval de sindicatos, entre outros pontos.

Dentre as alterações, algumas impactam diretamente algumas normas trabalhistas, como a implantação da CTPS digital, registro de jornada facultativo para empresas com menos de 20 empregados, registro de jornada por exceção e permissão para realização de atividades aos domingos.

Neste caso, o repouso semanal remunerado deverá coincidir com o domingo pelo menos em um domingo no intervalo de 4 semanas.

Além disso, o Governo irá extinguir o e-social e substituir o sistema por outro que será criado pelo Ministério da Economia.

A MP já foi votada na Câmara dos Deputados e a sua votação no Senado Federal é prevista para a pauta desta semana.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.